Óleo combustível de Xisto OTE

Tipo OTE – Alternativa para óleos combustíveis OC-1A, 2A

  • Produzido com alta tecnologia Petrosix, o óleo de xisto é extraído da rocha de xisto betuminoso, sendo um combustível de alto poder calorífico que se apresenta como uma melhor alternativa para os óleos combustíveis derivados de petróleo (OC 1A, OC 3A e BTE).

    É um combustível energeticamente equivalente e que  devido à sua maior fluidez tem um fácil manuseio, proporcionando a  redução de custos operacionais para o usuário e eliminando os transtornos associados ao aquecimento do óleo.

    Possui características técnicas superiores aos óleos pesados derivados de petróleo (do tipo OC-1A, 2A e 3A, veja o gráfico no final), possuindo como grande diferencial as baixas emissões de fuligem, fumaça negra e gases ácidos, o que colabora muito na preservação ao meio ambiente.

    Destaca-se que esse processo é reconhecido mundialmente como o mais avançado no aproveitamento industrial do minério e, por isso, vem rapidamente conquistando o mercado consumidor.

Veja as vantagens:

1) Possui alta fluidez mesmo em baixas temperaturas, o que elimina ou reduz o pré-aquecimento, proporcionando bombeio à temperatura ambiente, reduzindo custos com energia elétrica ou vapor para aquecimentos e de mão de obra específica para condicionar o óleo combustível às condições ideais de queima, sendo ideal para regiões de clima frio;
2) A baixa viscosidade elimina a necessidade do uso de aditivos e propicia uma combustão mais eficiente, com maior rendimento térmico e menores emissões de material particulado, resultando menor impacto na poluição visual da chaminé da caldeira e menor disposição de material não queimado;
3) O baixo teor de enxofre, reduz a emissão de poluentes e a formação de chuvas ácidas, sendo uma excelente opção de óleo combustível para se enquadrar nas novas e rigorosas normas ambientais; Indicado para consumo industrial em Centros Urbanos;
4) Reduz consideravelmente as intervenções e paradas para manutenção, desobstrução e limpeza de linhas, bombas, válvulas, bicos e maçaricos, além de evitar a corrosão precoce de dutos e chaminés.
5) Por ser mais leve que os óleos derivados de petróleo, reduz a emissão de particulados pesados que causam fumaça e fuligem;
6) Assistência técnica especializada para auxiliar na utilização do produto;
7) Preço competitivo.
8) Devido as suas características, proporciona uma redução de 3% no custo energético, sendo que o OTE (Óleo de Xisto Tipo E) possui PCI (poder calorífico inferior) de 9750 kcal/kg contra um PCI do OC-1A de 9450 kcal/kg;
Aplicações dos Óleos Combustíveis de Xisto:
Tipo OTE – Alternativa para óleos combustíveis OC-1A, 2A

Características Método OTE
Viscosidade a 60ºC (cSt) D 445 48 máx.
Ponto de Fulgor (ºC) D 93 66,0 mín.
Ponto de Fluidez (ºC) NBR 11349 9 máx.
Enxofre Total (% massa) D 4294 2,50 máx.
Densidade Relativa a 20/4ºC – Valores Típicos D4052 0,96
Poder Calorífico Superior (kcal/kg) – Valores Típicos D 240 10.170

Sobre a Six e o Xisto da Formação Irati

O Petrosix®, processo criado e patenteado pela Petrobras, com mais de 30 anos de resultados provados, consiste em extrair o xisto da mina, a céu aberto, fragmentá-lo e encaminhá-lo para um reator de pirólise. Neste equipamento conhecido como Retorta, o xisto é aquecido a uma temperatura elevada, gerando os produtos (óleo e gás), que são resfriados e coletados. O xisto já processado na unidade é resfriado e encaminhado à mina para recompor a área minerada.

PIRÓLISE
O xisto é alimentado pela parte superior da retorta e é aquecido para que a matéria orgânica contida na rocha (querogênio) seja decomposta, gerando hidrocarbonetos que são recuperados na forma de gás. Ao sair da retorta, a corrente gasosa é continuamente resfriada, gerando produtos líquidos que são coletados na base dos ciclones e do precipitador eletrostático.

Parte do gás é recirculada e alimentada na parte inferior da retorta para aquecer a rocha (reciclo quente e frio). O restante continua sendo resfriado, gerando correntes líquidas leves e gás de processo. Este monstante é encaminhado para etapas subsequentes de tratamento e separação de GLP e Enxofre.

Os hidrocarbonetos liquidos pesados são filtrados, para remover sólidos carreados, e comercializados como óleo de xisto de baixo teor de enxofre e baixo ponto de fluidez. Os hidrocarbonetos liquidos leves são separados em uma torre de fracionamento, gerando nafta e um óleo combustível de baixa viscosidade.

Fonte: PETROBRAS®

  • botao-pdf

  • botao-pdf-emergencia